Resumo de novembro: A (difícil) arte do desapego

“As malas já estão prontas?” – Essa é a pergunta que 90% das pessoas têm nos feito nos últimos dias. Mas o difícil, amigos, não é arrumar a mala. O difícil é desapegar do que não vai pra dentro dela.

É incrível a quantidade de coisas que acumulamos. Livros, papéis, roupas. Gente, quanta roupa que não usamos estavam escondidas no armário. Tem aquelas de promoção (porque tá tão barato que tenho que aproveitar). Outras que comprei porque queria “parecer mais chique”. Continuaram novas e chiquérrimas dentro do armário. Olhei pra várias e pensei “de quem são essas roupas?”. No fundo, elas nunca me pertenceram. Era como se eu olhasse para um armário de outra pessoa.
Agora elas ganharão vida, com outros donos. Pessoas que olhem e gostem delas. Pessoas em quem elas sirvam direitinho. E nós, seguiremos bem mais leve. Em vários sentidos.

Resumo do que fizemos no mês de Novembro:

1 – Desapego

Sem dúvida o que mais nos roubou tempo esse mês foi dar destino às coisas que não iremos levar. Nunca imaginei que coubesse tanta coisa em um apartamento tão pequeno. Nem na nossa vida. Algumas coisas foram vendidas, muitas outras foram e serão doadas. Aquelas que consideramos especiais de alguma forma, presenteadas.

2 – Estudos de Joyce

Muita gente nos pergunta sobre os estudos de Joyce no ano que vem. Nós iniciamos e estamos quase concluindo o processo de matrícula dela em uma escola dos Estados Unidos que oferece o HighSchool online, a Calvert School. A escola está analisando o boletim dela para verificar  o aproveitamento de créditos e, caso seja positivo, ela entra no 10º ano, o que seria equivalente ao 1º ano aqui no Brasil. Estamos bem felizes.

3 – Revisão dos detalhes do roteiro no Chile

Fizemos algumas mudanças no roteiro do Chile, trocamos alguns hotéis, essas coisas. Também fizemos uma estimativa dos custos de passeios, alugamos um carro por 7 dias (para andar na região do parque Torres del Paine). O roteiro está nesse artigo.

4 – Tiramos nosso visto para Austrália

Na nossa ida da Nova Zelândia para a Indonésia faremos uma escala na Austrália e mesmo nesse caso é obrigatório solicitar o visto de forma antecipada. Enviamos os documentos pelos correios e recebemos a aprovação dois dias depois que eles receberam!

5 – Acompanhamento dos gastos da nossa viagem

Neste mês, efetuamos o pagamento da hospedagem em Parque Torres del Paine, no valor de R$605,00 para 4 pessoas, fizemos uma procuração para o caso de qualquer coisa que tenha que ser resolvida na nossa ausência (R$80,00) e também compramos um mochilão (R$440,00).

Nossos custos estão assim:

  • Total gasto até o momento: R$16.410,24 (Para nós 3), sendo a maior parte até agora com as passagens e dólar.

O que pretendemos fazer em Dezembro:

  • Sair do apartamento, antes que o inquilino nos expulse.
  • Imprimir e organizar os documentos que precisamos levar.
  • Fechar o contrato com o Calvert School.
  • Embarcar!
  • Tomar alguns vinhos Chilenos!
  • Preparar para a Nova Zelândia

E a propósito, a essa altura do campeonato nossa mala ainda não está pronta.

Renata Marques

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *